MELHORE SEUS RESULTADOS EM 2020!


Desafios dos PEQUENOS EMPRESÁRIOS!

Em nossas reuniões com clientes e outros empresários, percebemos que muitos ainda tem dificuldades para saber:


* Quanto suas empresas faturam,

* Qual o custo mensal para o funcionamento e as despesas mensais

* Quanto sobra?


O LUCRO apresentado nem sempre é percebido pelo dono.


Muitos reclamam que “não sobra nada” que não sabem onde foi parar o dinheiro apesar das muitas horas de trabalho diário!


A partir de nossa experiência de mais de 20 anos trabalhando diretamente com empreendedores dos mais diversos ramos, podemos afirmar, que um dos desafios nos pequenos negócios é a confusão entre as contas do dono e as contas da empresa.

Especialmente quando o dono é praticamente um super-herói, o “faz quase tudo”...


Apesar do avanço da tecnologia com aplicativos disponíveis sobre o assunto, misturar os gastos ainda é uma prática comum nas pequenas empresas.


O problema dessa prática é que falta dinheiro para o funcionamento da empresa, seja pelas retiradas em excesso pelo dono, ou pelo descontrole nos gastos, o que prejudica o negócio e faz com que essas empresas endossem o número daquelas que fecham antes dos 05 anos.

Para acabar com essa confusão, melhorar a gestão e saber se sua empresa está dando lucro e o quanto você ganha, é preciso que haja uma mudança no comportamento, controlar os gastos de acordo com as receitas é um primeiro passo para melhorar os resultados!

Através dos 05 passos a seguir, o empresário poderá ter um diagnóstico real da situação da empresa e planejar onde quer chegar:


1. Registrar tudo e controlaras finanças da empresa:


Anotar e registrar tudo é o primeiro passo, pode ser em planilha manual, digital ou aplicativo. Incluir diariamente todas as receitas as contas a pagar e receber, o pagamento com empregados, fornecedores, as despesas (fixas e variáveis), os investimentos e o que mais fizer parte do dia a dia da empresa.


Com isso, é possível ter uma noção de como está a viabilidade do negócio e de quanto é preciso para funcionar por mês.


2. Definir como serão e qual o valor das retiradas mensais da empresa para o dono/sócio:


Muitos empresários acham que podem utilizar o dinheiro de sua empresa como quiserem, já que são donos. Contudo, essa prática é responsável pelo fechamento muitas empresas deixando o dono endividado.


Todo dono ou sócio precisa definir claramente como serão suas retiradas mensais também chamados de pró-labore, devem estabelecidos como um salário e estar dentro das possibilidades da empresa.


3. Ter contas bancárias diferentes e separadas (pessoa física e pessoa jurídica):


Manter contas correntes distintas, uma para a empresa e outra para uso pessoal, facilita a organização financeira pessoal e do seu negócio. É preciso negociar com o banco as condições.


Ao separar diretamente as duas coisas, será mais fácil definir qual é seu rendimento como pessoa física e o que é o faturamento do seu negócio, o que diminui a chance de problemas com sua declaração de Imposto de Renda.


4. Não misturar as despesas particulares com as da empresa:


Muitas vezes, o pequeno empresário é quase um super-herói, tendo em vista que é o faz quase tudo em seu negócio, (desde prestar o serviço, produzir, vender, pagar funcionários, fornecedores, contas, controlar estoque, entre outras coisas).


Por isso, é comum que a vida pessoal se misture ao cotidiano da empresa — inclusive na área financeira.


Estabelecer essa separação é fundamental, tratar os dois tipos de despesas como coisas distintas. As despesas domésticas não devem ser pagas pela empresa.


5. Pedir ajuda a quem entende da área e que seja de confiança:


O empreendedor é aquele que faz a diferença, que tem uma ideia, que coloca no plano de ação e transforma o que para muitos pode ser “sonho”. É ele que entende do seu negócio, de transformar a “ideia” numa empresa de sucesso.


Por outro lado, a missão de separar as finanças empresariais da vida particular do dono do negócio pode não ser fácil em alguns casos. A boa notícia é que não precisamos ser super-heróis, cada um entende de uma parte, e pedir ajuda profissional para administrar melhor a sua empresa, pode fazer toda a diferença.


A melhor parte, é que ao trazer bons e confiáveis parceiros para o seu negócio, a empresa consegue ser mais eficiente não só na área financeira, mas em sua operação como um todo. Pois sobra tempo para o dono planejar e vender a sua ideia, gerando muitos novos resultados.


Precisa de ajuda?

13 visualizações
 

Seg à Sex 07:30 – 12:00

               13:00 – 18:00

Rua Felipe Schmidt, 2142, Ouro-SC